Home
A Empresa
Administrador
Áreas de Atuação
Planejamento
Relatórios Planejamento
NBR 12.721
Clientes
Trabalhos Realizados
Fornecedores
Informativos
Manuais 
Links
Contato
FLUXOGRAMA DA EFICÁCIA DO CONTROLE DE CUSTO

A eficácia no controle de custo de uma obra só é atingida com a orquestração de um conjunto de relatórios em que cada um seja composto de dados que se fundamente em um princípio da formação dos custos da construção de uma obra.

O ORÇAMENTO é formado pelos SERVIÇOS, que têm o fundamento de ser o elemento de medição do custo de uma obra. Medimos a supra-estrutura de concreto armado, as alvenarias, os revestimentos as pavimentações e os demais elementos executados ou aplicados na obra, na forma de serviços executados, através de suas composições unitárias de custo em que se têm os insumos aplicados e suas respectivas quebras de materiais e ociosidades de mão-de-obra.

O CRONOGRAMA FÍSICO é formado pelos EVENTOS DE EXECUÇÃO, que têm o fundamento de ser o elemento de planejamento e medição da execução da obra. É formado por um conjunto contínuo de serviços do orçamento que tenham como característica a sua execução concomitante ao longo de períodos da obra. Agrupamos os serviços de formas da supra-estrutura de concreto separadamente das armaduras e do lançamento de concreto. Agrupamos as alvenarias de blocos cerâmicos, os revestimentos internos de argamassas, os de azulejos/cerâmicas, os revestimentos externos de argamassas, os de cerâmica, os de pastilhas, os de granitos e mármores, as pavimentações internas de cerâmicas, a tubulação elétrica no teto, na alvenaria e na coluna montante, etc.

O FLUXO DE CAXA é formado pelos LOTES DE CONTRTAÇÃO, que têm o fundamento de ser o elemento modulador das tomadas de preços e contratações ao longo das etapas de execução da obra. É formado por um conjunto de insumos atendidos por um mesmo elenco de fornecedores e que estão associados a um mesmo evento de execução. Agrupamos o insumo principal de todos os serviços de azulejos ou cerâmicas, associados ao evento de execução de mesmo nome, do subitem revestimentos internos. Forma-se assim uma matriz de dados de quantidades e preços unitários de insumos atendidos por um mesmo elenco de fornecedores, objetivando a contratação dentro do preço total do lote de contratação e assim por diante em todo o orçamento da obra.

O PLANO DE CONTAS é formado pelas CONTAS, que têm o fundamento de ser o elemento de apropriação e análise do custo da obra. É formado por lotes de contratação associados a um mesmo evento de execução independentemente de seus insumos serem ou não atendidos por um mesmo elenco de fornecedores. Temos neste caso que o lote que é formado pelo insumo principal representa uma parcela substancial do custo da conta, sendo os demais custos acessórios, que numa apropriação e análise de custo não justificam uma conta em separado.

A RELAÇÃO DE MATERIAIS é formada pelos INSUMOS, que têm o fundamento de ser o elemento básico na composição de custo dos serviços do orçamento da obra, propiciando informações para um controle detalhado das compras. São apresentados os insumos, suas quantidade e preços unitários que compõem os serviços (Relação de Materiais por Serviços), que compõem os lotes de contratação (Relação de Materiais por Lotes de Contratação) e que compõem as contas (Relação de Materiais por Contas).