Home
A Empresa
Administrador
Áreas de Atuação
Planejamento
Relatórios Planejamento
NBR 12.721
Clientes
Trabalhos Realizados
Fornecedores
Informativos
Manuais 
Links
Contato
INFORMATIVOS > Planejamento de Custo

REMODELANDO A ENGENHARIA DE CUSTO

Nos últimos 15 anos a informática deu passos largos, permitindo que os processos na gestão das empresas fossem formatados e, conseqüentemente aperfeiçoados. Foram reavaliados e otimizados, pois a informática trás a tona um volume muito maior de dados, que se não são otimizados e transformados em informações passíveis da análise pelas pessoas, não agregam vantagem competitiva. Dentro das limitações e adequações de tempo das pessoas, na escala vertical de suas funções dentro de uma empresa, cada qual deve dispor das informações que realmente são importantes no seu processo gerencial. Isto pressupõe, que os dados devem ser transformados em diferentes formatações de informações, para cada ótica de análise, adequada às escalas de funções das pessoas nas empresas.

Na engenharia de custo das edificações este processo ficou muito aquém da média dos demais seguimentos. Vêem-se ainda, com enorme freqüência, os sistemas de custos baseados exclusivamente no controle em cima da composição unitária de custo dos serviços. Este sistema básico de controle, o mais simples de ser processado pela informática, apresenta as seguintes limitações estruturais:

  • O arranjo dos insumos está desalinhado com o processo de compras e contratações, pois cada serviço possui insumos que pertencem a mais de uma tomada de preços e esta, por sua vez, possui insumos de vários serviços.
  • A realização dos serviços e dos custos está desalinhada no tempo. A realização dos serviços carrega consigo que, todos os seus insumos são realizados no mesmo momento, o que não ocorre em relação à realização do custo e do pagamento dos mesmos. Cada tipo de insumo de um serviço tem uma forma de contratação, em grau maior ou menor de dissociação de tempo em relação ao serviço, alem de ter diferentes condições de pagamento.
  • As informações de realização de custo são individualizadas por serviços ou grupos de serviços, o que não permite analisar o desempenho de custo pela natureza dos insumos, associada à etapa de execução que os mesmos são consumidos na obra. Os vícios na realização de custo dos insumos só podem ser corrigidos se identificadas as suas causas específicas (desperdício, custo alto, furto). O custo sob a ótica do serviço mascara qual a exata distorção de custo dos seus insumos.
  • A correta apropriação do custo dos insumos, alocada aos seus respectivos serviços, é um processo extremamente difícil e oneroso, principalmente para os materiais e mão-de-obra básicos, levando ao vício de se ir apropriando a cada serviço na medida da sua quantidade ou custo orçados, passando-se após ao seguinte e assim por diante, tornado as informações de realização de custo falsas e sem utilidade.
  • O processo de análise do custo realizado dentro da composição unitária é extremamente minucioso e só é viável de ser feito pelo Engenheiro da obra, profissional normalmente assoberbado, pouco focado e treinado em engenharia de custo e com índice de rotatividade alto na empresa. A Gerência e a Diretoria só vêem os números gerais, não identificando a natureza e o valor de cada uma das distorções de custo, nas respectivas etapas de execução, a tempo de identificar e corrigir os vícios existentes.

A ecanto planejamento desenvolveu, a mais de 20 anos, o processo de controle de custo baseado nos lotes de contratação, em que os valores dos serviços de um orçamento são reformatados na linguagem das compras e contratações. Este processo disciplina todas as compras e contratações, que passam a serem feitas de acordo com os seus lotes previstos, tendo-se a perfeita associação do valor orçado para cada compra a ser realizada, viabilizando de maneira prática, o principal instrumento de controle de custo, o antes da realização dos mesmos. Formata um balancete de custo perfeitamente adequado a análise da Gerência e da Diretoria, identificando a natureza das distorções de custo, a tempo de promover as providências para estancá-las.

Volta para Informativos